quarta-feira, 8 de maio de 2019

Gestores e técnicos da Setur Ceará se reúnem para discutir PPA 2020-2023


                               
O processo de discussão para elaboração do Plano Plurianual (2020-2023) teve mais uma etapa de planejamento, desta vez na Secretaria do Turismo do Ceará (Setur). Na manhã desta segunda-feira (6), gestores e técnicos da Setur se reuniram com representantes da Secretaria do Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag) para debater e aprimorar resultados e indicadores na área do Turismo, definindo o Ceará como Destino turístico de referência em sustentabilidade e inovação.
Foi apresentada a lógica do planejamento plurianual, buscando promover a sensibilização e o engajamento nas atividades que irão ocorrer ao longo dos próximos seis meses. A meta é que o processo seja feito com visão integrada aos desafios de mundo e de Estado, a partir do alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e com o Ceará 2050, respectivamente, além do próprio Governo, na lógica do fortalecimento do Modelo de Gestão para Resultados do Ceará.
O coordenador de Planejamento, Orçamento e Gestão da Seplag, Avilton Júnior, ressaltou que o objetivo das oficinas é começar a construir a base estratégica a partir dos objetivos específicos. Ele pontuou que o PPA é uma lei que estabelece diretrizes, objetivos e metas da administração pública para o prazo de quatro anos. “É construído em três dimensões: estratégica, tática e operacional. Hoje começaremos a construir a dimensão estratégica”. Após a reunião, os servidores foram convidados a continuar debatendo o tema e as definições da área de forma virtual.
O Turismo está inserido dentro do eixo Ceará de Oportunidades, que tem como resultado estratégico o desenvolvimento econômico sustentável, solidário, competitivo e integrado, alcançado nos espaços rurais e urbanos, considerando as identidades e vocações dos territórios cearenses e o protagonismo dos diversos atores. Além desse eixo, o Estado tem ainda os eixos Ceará Acolhedor, Ceará do Conhecimento, Ceará Pacífico, Ceará Saudável, Ceará Sustentável e Ceará da Gestão Democrática para Resultados.

segunda-feira, 6 de maio de 2019

Hub da Gol e AF-KL em Fortaleza completa 1 ano de operação


                                     Hub Nordeste foi inaugurado em maio de 2018


Gol, Air France e KLM transportaram mais de 2,5 milhões de passageiros entre destinos domésticos e internacionais a partir do aeroporto de Fortaleza, um ano após a abertura do hub da capital cearense. Foram mais de 17 mil voos operados no período.

Nesses 365 dias, a estrutura cumpriu a função para a qual foi pensada, na avaliação das aéreas parceiras, pois o hub ampliou conexões de voos na região e também permitiu às companhias europeias expandirem sua atuação no Brasil ao ligar Fortaleza aos aeroportos de Amsterdam-Schiphol e Paris-Charles de Gaulle.

O vice-presidente comercial e de Marketing da Gol, Eduardo Bernardes, destacou a integração dos produtos e serviços das empresas e o trabalho feito pelas três no Nordeste. "O hub em Fortaleza fortalece e complementa a nossa operação. Além de estar estrategicamente posicionado, ele proporciona mais comodidade e encurta as distâncias", afirma Bernardes.

Já o diretor geral Air France-KLM para a América do Sul, Jean-Marc Pouchol, lembra dos objetivos traçados quando o hub foi colocado em operação. "Desde quando anunciamos Fortaleza como a nova porta de entrada dos voos da Air France e da KLM no Brasil, queríamos chegar ao ponto em que estamos hoje – com resultados positivos. É a concretização de um projeto que reforça a importância das regiões Norte e Nordeste para as companhias", comenta o gestor.

sábado, 13 de abril de 2019

Fronteiras abertas e o Brasil voltou a ser cotado em alguns países





A partir de Junho, turistas dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália não precisarão mais de vistos para viajar ao Brasil.Com apenas quatro dias do anúncio de liberação das fronteiras, feita em Março,a busca pelo país havia crescido 31%.

Segundo dados divulgados nesta sexta (12) pelo Amadeus, o interesse dos estrangeiros em conhecer o Brasil continua cada vez maior.
Os resultados mostram que o número de viagens tem crescido a partir de Junho deste ano, quando o visto passa a não ser mais necessário no Brasil. Há um aumento de reservas de 53% de norte-americanos confirmadas para Junho e 97% para Julho — o número é um comparativo com o mesmo período do ano passado. Entre os canadenses, a porcentagem subiu 86% em Junho, 54% em Julho e 135% em Agosto.
A expectativa da Embratur e do MTur é dobrar a marca anual de visitantes estrangeiros no País — dos atuais 6,6 milhões para 12 milhões até 2022. O presidente interino da entidade, Leônidas Oliveira, afirma que “os resultados divulgados não são estimativas, mas sim reservas já fechadas que vão gerar impacto positivo na economia nacional nos próximos meses.”

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Doria Promulga Lei e Turismo Paulista ganha 43 MITs






O Governador João Doria promulgou nesta quarta-feira (27) a Lei n° 16.938 em que ficam classificados como de Interesse Turístico os 43 municípios que faltavam.
Agora a lista está completa: 140 cidades paulistas são Municípios de Interesse Turístico.


São eles:

Adamantina, Adolfo, Anhembi, Araçatuba,  Araçoiaba da Serra, Barra do Turvo, Bebedouro,  Bocaina,  Botucatu,  Divinolândia,  Dois Córregos,  Garça,  Guaíra,  Ibirarema,  Icém,  Igarapava,  Indiaporã,  Ipeúna,  Itapeva,  Itaporanga,  Itariri,  Itirapina, Jaboticabal, Jarinu,  Juquiá,  Juquitiba, Lavrinhas,  Marília,  Mogi Mirim, Palmeira D'Oeste,  Paulicéia,  Pirapora do Bom Jesus,  Pongaí,  Porto Ferreira,  Santa Albertina,  Santa Clara D'Oeste,  São Bernardo do Campo,  São João da Boa Vista,  São Manuel, Timburi,  Três Fronteiras,  Valentim Gentil  e Votorantim.

Cada MIT terá a oportunidade de aumentar seu fluxo turístico e melhorar a qualidade da atividade turística local com um verba anual em torno de R$ 640 mil. Vale ressaltar que os montantes são liberados mediante a apresentação de convênios para obras de infraestrutura turística com o DADETUR (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos  da Secretaria Estadual de Turismo), com a aprovação do Conselho Municipal de Turismo de cada cidade, além do aval do COC – Conselho de Orientação e Controle.

Lista completa dos 140 MITs, por ordem de aprovação:

Agudos, Barretos, Brodowski, Buritama, Espírito Santo do Pinhal, Guararema, Iacanga, Jundiaí, Martinópolis, Monte Alto, Pedreira, Piedade, Rifaina, Rubinéia, Sabino, Sales, Santa Isabel, Santo Antonio da Alegria, Tapiraí e Tatuí.

Altinópolis, Araras, Araraquara, Areias, Cabreúva, Campina do Monte Alegre, Cardoso, Cruzeiro, Itapuí, Itupeva, Jaú, Lençóis Paulista, Limeira, Lins, Mairiporã, Mira Estrela, Mogi das Cruzes, Nazaré Paulista, Novo Horizonte, Rancharia, Registro, Riolândia, Rosana, Santa Branca, Santa Cruz do Rio Pardo, Santo Expedito, São Simão, Tabatinga, Tambaú, Uchôa, Votuporanga.

Apiaí, Barbosa, Bofete, Boituva, Cachoeira Paulista, Cesário Lange, Cubatão, Estiva Gerbi, Fernandópolis, Igaratá, Iporanga, Itaoca, Itapira, Itápolis, Itapura, Itararé, Itatiba, Ituverava, Jacareí, Jacupiranga, Jales,  Laranjal Paulista, Mendonça,  Miguelópolis, Mineiros do Tietê, Miracatu, Monteiro Lobato, Orlândia, Ouroeste, Panorama, Paraibuna, Pardinho,  Patrocínio Paulista, Paulo de Faria,  Pedrinhas Paulista, Piracaia, Piratininga, Queluz, Ribeirão Grande, São José do Rio Pardo, São Miguel Arcanjo, Sertãozinho, Sete Barras, Sud Mennucci,Torrinha  e Ubarana.

Adamantina, Adolfo, Anhembi, Araçatuba,  Araçoiaba da Serra, Barra do Turvo, Bebedouro,  Bocaina,  Botucatu,  Divinolândia,  Dois Córregos,  Garça,  Guaíra,  Ibirarema,  Icém,  Igarapava,  Indiaporã,  Ipeúna,  Itapeva,  Itaporanga,  Itariri,  Itirapina, Jaboticabal, Jarinu,  Juquiá,  Juquitiba, Lavrinhas,  Marília,  Mogi Mirim, Palmeira D'Oeste,  Paulicéia,  Pirapora do Bom Jesus,  Pongaí,  Porto Ferreira,  Santa Albertina,  Santa Clara D'Oeste,  São Bernardo do Campo,  São João da Boa Vista,  São Manuel, Timburi,  Três Fronteiras,  Valentim Gentil  e Votorantim.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Ministério do Turismo monitora ações de segurança turística no carnaval de São Paulo



O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, realizou na tarde deste domingo (25) uma série de visitas técnicas com foco na segurança dos foliões que escolheram São Paulo para curtirem o carnaval. Na agenda, visitas a uma unidade da Delegacia Especializada no atendimento ao turista localizada ao lado Mercado Municipal da cidade, cartão postal da capital, bem como ao Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). A ação de monitoramento da Pasta percorrerá ao longo da semana outros três importantes destinos de Carnaval: Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte.
Participaram da ação, ainda, os secretários nacionais de Integração Interinstitucional, Bob Santos; de Desenvolvimento e Competitividade, Aluizio Malab; e de Estruturação do Turismo, Robson Napier. Também estiveram presentes o presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo no Congresso Nacional, deputado federal Herculano Passos; o deputado federal Damião Feliciano; a deputada estadual Rita Passos; e o presidente da SPTuris, Rodrigo Kluska.
“A integração das forças de segurança é fundamental para garantir que o turista possa transitar tranquilamente, leve uma boa impressão e recomende os nossos destinos. O carnaval é um produto turístico importante nessa construção da imagem do país", comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.
Segundo estimativas da Confederação Nacional do Comércio (CNC), o Carnaval deverá injetar mais de R$ 6,7 bi na economia e gerar 23,6 mil vagas temporárias de emprego, reforçando a importância da festa para a movimentação econômica do país. Em São Paulo, o impacto econômico projetado é de R$ 1,9 bilhão.
 
"Trabalhamos de forma integrada para garantir que milhões de foliões se divirtam em segurança e fico tranquilo com jovens da minha família se divertindo nas ruas da cidade no período de festa" comentou o coronel Vianna, coordenador operacional da Polícia Militar de São Paulo.
A expectativa da Prefeitura de São Paulo é de que 12 milhões de pessoas participem da folia no período de três semanas. Na hotelaria, espera-se uma alta em relação ao carnaval passado. A Associação Brasileira da Indústria de Hoteis de São Paulo (ABIH-SP) espera uma ocupação de 50% nos hotéis da capital, crescimento de 5% ante 2018.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Aeroméxico dá desconto a americanos com DNA mexicano





Companhia aérea dá desconto a americanos com DNA mexicano e ação viraliza.
Com esse objetivo, a companhia aérea promove uma ação para dar descontos aos viajantes de acordo com um critério inusitado: o DNA.
 “Estados Unidos  é o principal destino turístico dos mexicanos, mas o principal destino dos americanos não é o México”. É assim que começa uma campanha da  AeroMéxico, que tenta atrair mais cidadãos dos EUA ao país vizinho.
Com esse objetivo, a companhia aérea promove uma ação para dar descontos aos visitantes de acordo com um critério inusitado: o DNA.
Ao fazer o exame, quanto maior a porcentagem de ascendência mexicana, maior o desconto. Por exemplo, se houver 20% de herança genética do país latino, o turista terá 20% de desconto na passagem.
A ação de marketing não cita nomes de políticos, mas vem em um momento conturbado,. O presidente Donald Trump tenta construir um muro na fronteira entre Estados Unidos e México para barrar a passagem de imigrantes ilegais.

sábado, 19 de janeiro de 2019

O Desafio de uma Viagem por Mellina Hernandes




Toda viagem é sempre única e desafiadora. Quando vou para um novo destino fico com aquele medo pensando se dará tudo certo, se conseguirei pessoas para me ajudar, se conseguirei conhecer todos os pontos turísticos, se terei algum problema no hotel por causa da Hilary, meu cão-guia... Mas e quando a viagem é para outro país? O medo é maior ainda! Além de todas essas preocupações, tem a preocupação com o idioma, mas, apesar de tudo isso, não deixo de conhecer outros países, sempre damos um jeito! O importante é viajar e se divertir!
Tenho experiências fora do país sem e com cão-guia. Antes de pegar a Hilary já fui para Europa e Estados Unidos, inclusive já morei em Orlando.
Na Europa visitei Paris, Madrid, Grécia (Atenas e Creta) e Londres. Apesar de não dominar bem o inglês na época, muito menos francês e grego, me virei até que bem! Aprendi o básico nesses idiomas, pelo menos para se iniciar uma conversa e depois tentava finalizar no inglês.
Sempre me recordo de 2 ocasiões em Paris. Uma foi quando pedi ajuda para uma senhora, ela não falava inglês, nos comunicamos por gestos, até hoje não sei como consegui entender o que ela quis dizer, já que não enxergava direito os gestos e não entendia direito o francês!rs. Uma outra foi quando sai de madrugada para pegar fretado até o aeroporto, ia para Madrid, rua deserta, garoando, me perdi, no desespero fui atravessar a rua e um carro estava passando, tentei pedir ajuda, mas o mesmo se repetiu, ele não falava inglês, me ofereceu carona, acabei aceitando, ele me deixou onde eu queria, mas sempre naquela comunicação gestual e em francês. Foi a minha primeira viagem internacional sozinha, tiveram vários perrengues, mas voltei com muita história para contar!
Ainda não fiz uma viagem internacional sozinha com a Hilary, principalmente porque dependendo do país tenho alguns problemas, e estando sozinha acaba sendo um pouco mais complicado, mas ainda quero fazer esse tipo de viagem sozinha com ela!
Quando fomos para Argentina, tivemos muita recusa dos estabelecimentos em aceitar nossa entrada, mesmo falando que era lei, não permitiam a nossa entrada e acabava indo embora, já que em outro país não sabemos direito como são as coisas, além de não dominar o idioma.
Fui com a Hilary para Argentina, Chile, Estados Unidos e Uruguai. O lugar mais tranquilo foi Estados Unidos, não tivemos problemas em nenhum passeio que fizemos.
Uma diferença grande do Brasil com os outros países é o nosso “calor humano”, aqui estou acostumada com as pessoas sempre oferecendo ajuda e “nos tocando”, lá fora, normalmente eles pedem autorização para segurar em você, ou nem isso, somente ficam olhando.
Em Paris levei um mega tombo próximo ao Museu do Louvre, tinha um rapaz ao telefone, em momento algum ele me ofereceu ajuda para levantar, somente ficou me olhando para ver se eu estava bem, confesso que achei isso bem estranho, mas são os costumes deles. Em Orlando, quando um funcionário foi me ajudar a ir até a montanha-russa, ele me pediu licença para segurar em mim, em várias ocasiões me avisavam o que iriam fazer comigo.
O medo aparece, os perrengues acontecem, mas não podemos deixar de fazer as coisas por causa disso! Sempre tiro coisas boas de tudo, um novo aprendizado, e principalmente, história para contar!
Vamos embarcar comigo nas aventuras da vida?
Todas as histórias contadas acima estão em nosso Blog, acesse www.4pataspelomundo.com e acompanhem nossas andanças por esse mundão!